quinta-feira, maio 07, 2009

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

Enfim...

Juntei todos estes conceitos (post abaixo + o que já havia lido a respeito) e cheguei a conclusão de que a inteligência emocional varia de acordo com a nossa maturidade, a nossa aptidão para se relacionar, a paciência para lidar com pessoas e situações e principalmente a nossa percepção de avaliar rapidamente o que realmente é viável e proveitoso em uma situação difícil.
Assim como eu, muitas pessoas precisam aprender a tirar proveito de situações difíceis e também a não se desgastarem com elas.
Cito como exemplo uma experiência única que vivenciei em uma empresa, onde convivi com um empresário que tem muita vontade de acertar em suas iniciativas. Ele é um visionário com espírito desbravador, mas não conhece muito sobre gestão de pessoas e tem sérios problemas em formar equipes, que poderiam ajudá-lo a construir uma empresa sólida e bem estruturada.
Vi todo seu esforço (e investimentos) sendo desperdiçados, por não traçar planos, nem estabelecer processos, ou até por não saber utilizar as ferramentas adequadas que manteriam seus colaboradores trabalhando e apresentando resultados. Infelizmente, o entra e sai de funcionários era um dos principais problemas de sua empresa.

Um líder não pode ter dificuldades de se relacionar com pessoas, tem que saber extrair o melhor delas. Tem que aprender a lidar com as pressões do ambiente de trabalho e administrar bem os conflitos que surgem. A inteligência emocional é um aspecto importante nas esmpresas, pois como nesse caso que citei, ela tornou-se um fator negativo que comprometeu o desempenho da organização desde o seu início.
Já trabalhei com muitos líderes, de personalidades bem distintas. Alguns eram habilidosos em comandar pessoas, outros eram introspectivos mas estratégicos, pois se cercavam de pessoas eficientes nas mais diversas áreas, que contribuiam para o sucesso de seu negócio.
A mesma situação se repete em várias escalas, assim como o gerente tem que saber extrair o máximo de sua equipe, também precisa lidar bem com seus pares e seus superiores.
Situações adversas são o melhor teste para medir o nível da inteligência emocional de cada um.
Estamos em tempo de crise e aquele que souber lidar com dificuldades, vai se sair melhor.
Para lidar com as dificuldades é preciso ter experiência e equilíbrio.
E para as empresas e seus dirigentes, cito uma outra qualidade bastante atual _RESILIÊNCIA*_

*Resiliência é um conceito oriundo da física, que se refere à propriedade de que são dotados alguns materiais, de acumular energia quando exigidos ou submetidos a estresse sem ocorrer ruptura.
No meio corporativo, o termo "Resiliência" significa a capacidade de uma empresa ou corporação de se adaptar às mudanças no ambiente em que estão inseridas, ou seja, como elas conseguem reformular os seus processos de negócio para atender a novas exigências do mercado.
Fonte: Wikipédia


Texto By Mari