quarta-feira, outubro 21, 2009

COISAS QUE DÃO AZAR


Sou uma pessoa incrédula.
Não acredito em nada do que não possa ver, tocar ou ouvir.
Pelo menos até esta data, pois passei por algumas experiências verídicas e bastante reais, que me fizeram duvidar das minhas convicções.
Não tenho religião, mas acredito em uma força maior que rege este maravilhoso Universo, pois toda esta harmonia deve se originar de algo bem especial, só não temos capacidade de identificá-lo.
Respeito a Fé das pessoas e acho que o bem ou o mal que fazemos, de alguma forma retorna para nós mesmos.
Sei que existe sorte, e que também existe o azar para algumas pessoas. Mas jamais imaginei que um objeto inanimado, sem energia vital pudesse interferir no destino de uma pessoa. Mas foi o que aconteceu.
No início eu achei que eram concidências, mas as coisas foram acontecendo com data e horários marcados. Foi então que eu percebí, que existem coisas para as quais não encontramos explicações lógicas e plausíveis.
Para quem quiser entender melhor, vou relatar aqui todos os fatos.
Dirijo a 20 anos e já tive 04 carros. Fquei com eles muitos anos, pois compro carro zero e cuido bem deles. Motoristas cuidadosas como somos, durante todos estes anos, eu e minha irmã que também dirigiu meus carros, tivemos apenas 02 multas de estacionamento e NUNCA nos envolvemos em uma colisão.
É o tal negócio, quando você dirige devagar e com atenção, você consegue desviar dos barbeiros ou deixar os apressadinhos ultrapassarem. Enfim, dá pra evitar as colisões.
Mas com este último veículo, que tirei zero da concessinária em março de 2008, a história foi bem diferente.
Era como se ele, atraísse coisas ruins.
Logo nos primeiros meses, eu perdi o emprego (sem nenhum motivo) e um ônibus bateu na traseira do carro parado com meus sobrinhos dentro. Feliz por ninguém ter se machucado, só depois eu descobri o tamanho do estrago. Quase dá PT (perda total).
Levou 03 meses para a empresa de ônibus arrumar o veículo. E com 20 dias circulando nas ruas novamente, ele sofreu outra colisão por causa de um motorista louco que avançou o sinal vermelho, batendo de frente. O motorista louco, tinha várias multas de sinal vermelho e ainda estava com toda a família dentro do carro. E eu me perguntava, por que tinha que ser eu que estava passando por aquele cruzamento, exatamente naquele segundo, no alvo daquele louco ???
Não era eu. Era o carro.
Por um milagre não houve vítimas, mas o carro do cara que não tinha seguro, deu PT (perda total) e o meu ficou vazando na oficina. A batida danificou a caixa da bateria, o motor e até entortou a tal da longarina. Mas mesmo assim, consertaram.
Vivia um péssimo momento de minha vida, pois continuava sem emprego e com as contas pra pagar, mas ainda assim consegui grana para tirar ele da oficina. Afinal, estava pagando as parcelas do financiamento.
Tentei vender o dito cujo com apenas 15mil km rodados, mas ninguém queria comprar. Ofereci de graça, sendo que o comprador assumiria apenas as parcelas restantes! Mas nem assim consegui vender.
Mudei de cidade, mas as coisas continuavam ruim.
Não conseguia emprego e já não dava para pagar as parcelas do seguro, então deixei o carro criando pó na garagem do prédio. Pois eu tinha medo de sair com ele e ser surpreendida com uma nova pancada, vindo sei lá de onde.
Com mais de um ano enviando milhares de currículos e alertando os amigos da minha procura por um emprego, não conseguia nada. Então, tive que devolver o carro a financeira.
Aí , começa a minha experiência real.
No dia em que estava devolvendo o veículo no escritório de cobrança em São Paulo , exatamente quando estava assinando os documentos de devolução amigável... recebí a primeira ligação para uma entrevista de emprego. Depois de mais algumas horas (ainda estava em São Paulo, esperando uma carona pra voltar) e recebí outra ligação de mais uma empresa, querendo marcar uma entrevista. No dia seguinte, um e-mail me avisa que meu currículo foi selecionado para participar de uma dinâmica. E o melhor!!! As oportunidades são com salários razoáveis!!! Agora estou naquela fase de escolher, qual a vaga que mais me interessa.
É plausível, isto? Como explicar???
Foram mais de 14 longos meses esperando por uma ligação, e assim que eu me livro do "dito cujo" surgem logo 03 propostas. E o pior!!, É que as coisas começaram a acontecer no exato momento da nossa separação (minha e do carro acima).
Bem, agora tô a pé e amarguei um grande prejuízo. Mas em compensação vou estar empregada e logo poderei comprar outro carro.
Não sou supersticiosa, mas vou ficar alerta quando me apropriar de algo tão azarado assim e me livrar o mais rápido possível.
A lição que fica é: Não se apegue as coisas materiais! Não se identificou com o que adquiriu ? Passa pra frente! Mesmo que leve algum prejuízo, pois se você insistir? O prejuízo pode ser ainda maior!!!
By Mari

2 comentários:

Sônia Silvino disse...

Olá, Marilisa! Espero que estejas bem, feliz, trabalhando e de carro novo. Respeito a sua opinião, mas discordo. Posso??? Acho que tudo o que aconteceu foi pura coincidência da vida. Acredito que o nosso pensamento negativo realmente atraia coisas negativas. Mas não acredito que coisas materiais tenham esse poder.Somos pura energia: precisamos cuidar no que pensamos, desejamos ou acreditamos. Somos muito poderosos!
Abraços, Sônia.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,